terça-feira, 28 de julho de 2015

Como eu me sinto quando...tento ajudar um(a) amigo(a) que bebeu demais mas tô quase pior que ele(a).

Morri de Sunga Branca

8 VEZES QUE REGINA DUARTE NOS REPRESENTOU APENAS COM EXPRESSÕES FACIAIS

Bic Muller24 de jul de 2015 - 13:03
A nossa eterna namoradinha do Brasil é referência quando o assunto é expressões faciais. 
Com vocês, 8 vezes que Regina nos entendeu:

1- Você tá louco pra conversar sobre uma série com um amigo e ele simplesmente te diz que não tem tempo de acompanhar essas bobagens de séries. 


2- Quando o crush manda nudes


3- Quando eu tento sensualizar mas as pessoas pensam que estou tendo uma convulsão


4- Mas não é por mal, eu apenas não sei ser sexy. Não sei, MESMO.


5- Quando me marcam em uma discussão no facebook e eu nem sei direito o que to fazendo ali....


6- Quando o que? Quem? 
Aff nem ligo mais pra c e r t a s  p e s s o a s


7- Quando fico mais chocado que a Regina Duarte bocejando


8- Porque a internet, as vezes é difícil de aguentar...


Sr. Odenkauer

gusmorais_ODENKAUER_web
Morri de Sunga Branca II


TOP 3 NOVELAS MEXICANAS QUE INFLUENCIARAM A SUA VIDA

Morri de Sunga Branca23 de jul de 2015 - 11:09
Quem não passava as tardes da década de 90 assistindo as novelas
mexicanas no SBT não soube mesmo se curtir naquela época. 
Por isso, hoje, vamos focar no que essas novelas contribuíram para formar o nosso caráter, começando com esse clássico maravilhoso que já foi exibido 132 vezes no SBT e eu nunca me canso de assistir:

A USURPADORA




Com a Usurpadora a gente aprendeu que: 

1) Estefanie foi a primeira hipster numa época que a gente nem sabia o que era hipster: 
Ela usava tranças meio que de princesa leia e óculos vintage. Certamente, 
nos dias de hoje, você vê muita Estefanie nas baladinhas indie. 


2) Carlos Daniel nos ensinou que nunca há limites de quão 
corna uma pessoa pode ser sem mesmo desconfiar. 
Porque a Paola traia ele com:

Luciano (que tá a cara do Leandro do KLB nessa foto) 



Pintor Donato...jesus multiplic....na verdade não multiplica não, porque eu sou de humanas e não sei fazer conta. Só coloca um boy desse na minha vida. 



Milionário Farina (que eu particularmente não pegava, mas tem gosto pra tudo) 



Willy


hauahuahuahahahaha mentira, é esse aqui


Que até que era gato, mas tem cara daqueles home que posta foto de cerveja no instagram com legenda de "começando os trabalhos" ou comenta #top em todas as fotos. 

E mais outros 7 amantes que não me lembro...

3) Paulina nos ensinou que não importa quão falida uma fábrica 
de CERÂMICA possa estar, sempre há um jeito de seduzir um milionário que vai emprestar dinheiro pra você. 


4) Vovó piedade nos ensinou que não existe idade 

pra você continuar tomando umas jurupinga.


5) Paola nos ensinou que é possível fazer todo mundo de trouxa

se você falar que tem uma doença ~misteriosa~ que ninguém 
sabe o que é, e falar que você precisa viajar por 3 meses pra se tratar em HOUSTON 
da doença que todo mundo aceita de boa
que você não revele o que seja. Super normal. 



Agora, com vocês...

MA RI MAR – AU



Com Marimar nós aprendemos que:

1) Gola de camisa AMARELA levantada é sexy 



2) O melhor jeito de se vingar da sua inimiga é fazer ela abocanhar alguma coisa na lama



3) Sérgio era tão peludo quanto o Tony Ramos mas ninguém fazia piada com isso



4) Marimar no início da novela NÃO TOMAVA BANHO e mesmo assim conquistou o boy mais magia da cidade



5) Andar de cavalo na beira da praia dá tesão e é erótico (pelo menos na minha cabeça) 



Agora outro clássico com nossa diva rainha: Thalia! 

MARIA DO BAIRRO


Aff, quem não assistiu Maria do Bairro não sabe o real significado de felicidade plena. 

Com Maria do Bairro nós aprendemos que:

1) Por mais escandaloso que o seu surto psicótico de ciúme seja, ele nunca NUNCA vai superar o da Soraya Montenegro




2) Você percebe que Orange is The New Black foi inspirada em Maria do Bairro.
E que essa é a única novela em que uma mulher vai parar na prisão e não rola nenhum romance lésbico aff =(


3) É possível ter amnésia sem ter bebido nenhuma gota de álcool e se fazer de desentendida metade da novela. (vou usar essa tática a meu favor pra me livrar dos problemas) 


4) Maria Do Bairro influenciou o cenário da música pop, sem ela Lady Gaga não seria ninguém



5) Além de ter influenciado na cultura pop, Maria do Bairro influenciou os cinemas, mais precisamente, Tarantino em Kill Bill. Veja o motivo: 


QUEM MAIS SE FINGE DE ENFERMEIRA PARA MATAR A INIMIGA????


Sim, Elle Driver, em Kill Bill vol 1. Maria do Bairro realmente foi uma grande influência de todo o cenário cultural, cinematográfico e cultural do planeta. 

Enfim..essas foram as top 3 novelas que provavelmente formaram nosso caráter. Se você se lembra de outra que gostou também e mudou a sua vida, comenta na fanpage do Morri! 


Máquina Impiedosa




Usaram a inteligencia artificial de um cachorro, e isso foi um problema



Dolores & Anésia





Textículo

O amor está pela hora da morte no País, por Matê da Luz

Procurei um tema pra hoje - encontrei reclamações diversas aqui e acolá, quase todas elas com cunho amoroso: "o amor está pela hora da morte pra vocês que moram aí no Brasil". 
Assim foi que surgiu a ideia de escrever sobre isso por aqui, mesmo que não seja a ideia central do meu perfil no blog. Mas é só por hoje, só pra levantar um questionamento deveras importante, quem sabe - estaríamos os brasileiros aprisionados em um modelo cultural tão intrínseco de malandragem que ele se expande inclusive para os relacionamentos mais íntimos, os amorosos? 
Amiga minha vive na Europa e diz que sente pena dos relacionamentos na terra brasilis - afirma que, por lá, é comum as pessoas torcerem pra que os amigos e amigas encontrem alguém, para que formem uma família, tenham filhos, envelheçam juntos, enquanto que por aqui é comum que as piadinhas comecem já mesmo quando um casal comunica que decidiu se casar. Termos como "prisão", "acorrentados"e "fora do jogo"são absolutamente comuns nestes cenários e, ao meu ver, estimulam a perpetuação da tal característica que determina que quanto mais, melhor, em termos de relacionamentos no Brasil. 
Perceba que esta não é uma tese sexista, não estou falando que os homens são safados e pobre de nós, as mulheres. Estou falando em uma cultura que possivelmente celebra pequenos deslizes como grandes feitos em diversos âmbitos e que, quem sabe, esteja contaminando até mesmo a grande mina do amor. 
E aí, vamos debater? 
Imagem: Dany Lizeth

Susto Anti-Gravitacional - UEEEEEPAAA!





Se assustou e saiu voando! Mas também, quem não se assustaria com um pepinão desse...

Como eu me sinto quando...


…tento ajudar um(a) amigo(a) que bebeu demais mas tô quase pior que ele(a).


…derrubo uma bebida que eu acabei de comprar na balada.



…eu e um(a) amigo(a) vemos alguma coisa que nos lembra uma piada interna nossa.


…tomo café para ficar acordado e conseguir terminar um trabalho.


…tô tentando matar um mosquito.

CADÊ?

…começando em um emprego novo.

Na primeira semana:
Hoje em dia:

…digo que sou brasileiro(a) e alguém começa a falar em espanhol comigo.

…tô dando tchau pra amigos e preciso me despedir daquela pessoa que eu não sou íntima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget