quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Senhora...Senhora!

Textículo



Logo, nós somos o chão. Nós somos as estrelas. Somos o espaço e o tempo. E a vida consciente talvez seja o Universo se olhando no espelho, e descobrindo que ele próprio é um indivíduo.

Muito além de Marte: na pior das hipóteses, existe vida em dez trilhões de planetas. E isso não é o mais importante

POR  ATUALIZADO EM 29/09/2015

Star child from 2001
Um bebê recém-nascido não sabe que é um indivíduo. Acha que ele e a mãe formam uma entidade única. Talvez ache até que ele, a mãe e o mundo sejam uma coisa só.
Mas antes de seguir com esse raciocínio, queria passar a palavra para alguém mais qualificado que eu, o Richard Dawkins. “Vamos imaginar que o surgimento de vida em algum planeta seja algo estupidamente improvável”, ele me disse numa entrevista recente. “Mais improvável até do que você tirar uma quadra de ases num jogo de cartas, e todo mundo na mesa também sair com quadras. Mas sabe de uma coisa? Mesmo se a vida for algo tão difícil de acontecer, ainda assim ela seria abundante no Universo”.
Dawkins, professor emérito de biologia em Oxford e reformulador do darwinismo, entende de vida. Mas nem ele nem ninguém tem como dizer se o fenômeno é corriqueiro no Cosmos ou se não, se trata-se de algo raríssimo, que só aconteceu na Terra, ou, dando uma chance ao acaso, que só apareceu em um a cada um bilhão de planetas Cosmos afora.
Um em um bilhão parece pouco. Só que é menos ainda. A probabilidade de você morrer atingido por um raio é de uma em 2 milhões. A de ganhar na Mega-Sena, uma em 50 milhões. Em outras palavras, uma chance em um bilhão é basicamente sinônimo de “impossível”.
Mas isso aqui na Terra. Porque no céu a história é outra. É que, se um em um bilhão é algo menor do que parece, o espaço sideral é maior. Bem maior do que parece. As estimativas mais humildes indicam que existem 10 trilhões de bilhões de estrelas no Universo observável (ou 1022 , o número 1 seguido de 22 zeros, caso você prefira uma notação mais científica). Um mundo assim, com 10.000.000.000.000.000.000.000 de sóis, destrói qualquer estatística. Assim: se a vida surgiu em um único planeta por sistema solar (como parece ter sido o caso neste sistema solar aqui), e só um em cada bilhão de sistemas solares teve essa sorte, existiriam dez trilhões de planetas com vida.
Mais: se entre esses supostos planetas com vida só um em um milhão abrigar seres inteligentes, teríamos dez milhões de civilizaçõessobre as nossas cabeças. Como o Dawkins mesmo disse naquela entrevista: “Nossos cérebros não sabem lidar com grandezas na ordem de bilhões e bilhões”.
Mas tem outra coisa com a qual o nosso cérebro não sabe lidar: o próprio conceito de “vida”. Por instinto, nós teimamos em achar que somos entidades à parte no Universo. Que nós estamos aqui, e o Universo está “lá fora”. E aí que a gente volta aos bebês do primeiro parágrafo. Nos primeiros meses de vida, passamos a entender que somos indivíduos, entidades únicas, apartadas das nossas mães, e do mundo, e do Universo.
Ilusão. Os átomos que formam o seu corpo sempre estiveram aqui na Terra. E vão continuar por aqui, independentemente do que você faça com eles até o dia que o seu coração parar de bater. O autor do Gênesis traduziu bem essa ideia, na cena em que Deus diz a Adão que ele terá de trabalhar pesado, e suar para que a terra produza algum alimento “até que você, Adão, volte para a terra, pois do pó você foi feito, e em pó irá se transformar” (Gen. 3:19). Três mil anos depois, o astrônomo britânico Martin Rees refinou o raciocínio. Diante da descoberta de que todos os átomos mais complexos que o hidrogênio e o hélio foram forjados no interior de estrelas, ele escreveu que “somos todos, literalmente, cinzas de estrelas mortas há muito tempo”.
Logo, nós somos o chão. Nós somos as estrelas. Somos o espaço e o tempo. E a vida consciente talvez seja o Universo se olhando no espelho, e descobrindo que ele próprio é um indivíduo.

Meme do Momento


Quem nunca?
Porém, alguns servidores públicos (como sempre) elevaram a sacanagem a um nível além, batendo o cartão e indo embora. Não que isso seja novidade, até aí já vimos diversas reportagens sobre o assunto, o problema é que dessa vez tivemos o nascimento de uma nova celebridade da internet: A Senhora<3 strong="">
Tudo aconteceu na Assembléia Legislativa de Goiás (Alego), onde servidores foram flagrados batendo ponto e indo embora logo em seguida, em Goiânia. Mesmo não trabalhando, eles continuam recebendo salários que chegam quase a R$ 10 mil!
Viu, por isso sua mãe te falava: Vai estudar pra fazer concurso!
A reportagem da TV Anhanguera foi averiguar o caso, nisso encontraram a senhora Edinair Maria dos Santos Moraes, que foi flagrada durante três dias registrando a presença na Alego, mas saía sem trabalhar.
Em um dos dias em que saiu para dar um rolê no horário em que deveria estar trabalhando, a reportagem abordou a senhora Edinair, resultado…

.
Claro que a senhora ganhou memes, títulos como “Maratonista de Goiânia”, redublagens e tudo mais que a internet tem disponível <3 p="">
fabio
.
senhora 4
.
senhora 5
.
tá com vc
Isso daria um filme:
corra senhora
Corrrrrrreeeeeeeeee, Edi, corrreee!
.
Moral da História:
CAPA senhora

LEDTetris 




Geladeira Geek



- Mãe, eu queeeerrooooooo!


Gamemaníacos entenderão...


Cinismo Ilustrado - Traduzido dessa vez =)



Como eu me sinto quando...

…tô atolado(a) de coisa pra fazer mas mesmo assim aceito um convite pra sair.


…tô tentando fazer meu gato imitar esses gatos que eu vejo na internet.


…me empolgo em uma loja e quando chego no caixa vejo o preço total das peças.




…alguém consegue alguma coisa que eu queria muito.

imageimage


…vendo as fotos dos outros da super lua.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Momento Vergonha Alheia - Level enfia a cabeça na terra

Baleia e Sarrafo


capitulo_54-P1

capitulo_55-P1


capitulo_56



Morri de Sunga Branca


EMMY 2015 - O QUE TEVE?

Thiago Pasqualotto21 de set de 2015 - 10:46

Neste domingo (20) rolou o 67º Emmy Awards, o Troféu Imprensa da TV norte-americana, em Los Angeles, nos EUA. As séries "Game of thrones" e "Veep", com quatro premiações cada, foram as grandes vencedoras da noite.

Se você perdeu, não prestou atenção nos detalhes ou estava muito ocupado procurando um torrent da sua série preferida, calma, agora a gente conta tudo O QUE TEVE pra você.

 Teve Lady Gaga linda e loira em um pretinho básico. O que para muitas seria uma roupa previsível, para a Gaga foi uma ousadia, já que ela costuma aparecer travestida de ET em todas as premiações. Fica pra sempre assim, Gaga!


Quantas latinhas a Olivia Pope teve que catar pra customizar esse vestido? Apoiamos a moda sustentável, então achamos lindo. E quem acompanha a Kerry aqui no blog já reparou que ela tem um gosto bem duvidoso na hora de se vestir, mas desta vez ela brilhou (em todos os sentidos).


A linda de Homeland optou por este vestido que na minha opinião poderia ser bem "ok" se não tivesse esse pedaço de pano pendurado. (?)


Teve Sarah Paulson que deixou a outra cabeça de "American Horror Story Freak Show" em casa. Aliás, que temporada horrível, queria desver. Tava elegante, discreta, vamos logo pro próximo vestido antes que vocês reclamem que eu tô gostando de tudo.


Teve a Cersei de Game of Thrones que eu vejo e já fico com vontade de tomar um vinho. E como já falei uma vez aqui, ela deveria adotar a peruca da personagem na vida, fica ainda mais linda.


[Uffa! Graças a Deus alguém bem errada pra eu criticar!] Amiga, tu tava fazendo artesanato que aprendeu assistindo Cátia Fonseca e passou sem querer a tesoura nesse vestido? Por que não é possível que este corte foi proposital. Também não entendi essa peneira de arroz com flores, o que salvou o look foi o namorado como acessório.


Julia Louis-Dreyfus não gosta de arriscar muito, está sempre bem previsível no red carpet, mas ela tem aquele efeito Andréia Beltrão, sabe? A gente nunca trocou um oi na vida, mas tem vontade de dar um abraço e chamar de miga.


Tatiana Maslany, de Orphan Black, mandou um dos seus clones para o evento. Eu amo que ela tem nome de brasileira: TA-TI-A-NA. Tá bonita pra entrar na sala de cirurgia e tirar um apêndice.


Para tudo! Quase não reconheci a Brienne de Game of Thrones vestida de mulherzinha. Quanta diferença, né non? Mas pegar um sol faz bem e produz vitamina D.


Falando em Game of Thrones, o que aconteceu com a Sonsa? Digo, Sansa! Que look de recepcionista de evento é esse? E a barra da calça enorme? E essa make de gótica? Volta pra casa, linda!


Ellie Kemper faz uma série ótima, fofinha e colorida chamada Unbreakable Kimmy Schmidt e talvez ela tenha se inspirado na sua própria personagem pra escolher este vestido que é a cara da Kimmy. É bonito e divertido como ela!


Amada, o carnaval é só ano que vem, volta pra casa e coloca uma calcinha.


Piper, de Orange is the new black, fez a Alcione e foi vestida de O SOOOOOOOOOOOOOOOOL. Parece que uma alça arrebentou e ela vai mostrar o mamilo, achei estranho.


 Falando em estranho, a Alex precisa mandar prender quem fez essa tatuagem nas sobrancelhas dela. Ela é gata, mas sempre que vejo tenho vontade de pegar um esfregão com sabão e lavar até sair toda a tinta.


Que lacre foi esse da Poussey? Foi uma das minhas preferidas da noite pelo conjunto da obra. Destaque pra capa do vestido que fez toda a diferença. Me beija! 


É a Beyonce? Não, é a Laverne Cox.


E a Taystee, minha gente? Esse vestido de desfile de 7 de Setembro ficaria horroroso em qualquer pessoa, menos nela. Acho alegre e divertido, como ela é.


Se eu fosse falar de cada uma do elenco de Orange Is The New Black esse post seria mais longo que episódio do Master Chef na Band, então fiz um gif pra economizar tempo, porque é segunda e eu tenho mais o que fazer.


Amor, coloca um casaquinho, vai ficar resfriada!


É muito difícil acertar em um evento de gala sem usar longo. A January Jones conseguiu.


Outono é sempre igual, as folhas caem no quintal...


Teve telão de LED.


Olha a Arya Stark, que fofinha, adoro ela em Game of ThrMEU DEUS O QUE É ISSO NO PÉ DELA? Amiga, eu não tenho como te defender! É tamanquinho de amante de político, não rola!


 Joey e Phoebe se reencontraram no red carpet e só isso já bastou para eu me tremer todo aqui em casa. É muito amor em uma imagem só. PS: o tempo parece que parou pra Phoebe, não posso dizer a mesma coisa do Joey.


Quase não reconheci a Amy Poehler com esse cabelo novo. Como alguém me soprou no twitter ontem, ficou as fuças da Bozena.



V1D4 L0K4


Cata a Sofia Vergara bem de boa comendo uma pipoca lá atrás. 


Sua louca, devolve as almofadas da minha avó.


Jessica Lange suprema até quando faz a Kátia Cega.


Como justificar esse look da Heidi Klum? Vou tentar!
Ela estava pescando quando foi atacada por jacarés que rasgaram todo o seu vestido, para não ir nua, Heidi se enrolou na rede que usava na pescaria. Acho que foi isso!


Para deixar a nossa semana que está só começando bem mais gostosa, deixo a imagem deste casal para povoar os seus sonhos mais sujos e pornográficos. De nada! :)


E hoje eu termino com esse discurso emocionante da talentosa Viola Davis recebendo o prêmio de melhor atriz em série de drama, por How to Get Away with Murder. A primeira negra vencedora nesta categoria. Chuupa!


Momento Vergonha Alheia - Level enfia a cabeça na terra


GEOVANNA TOMINAGA VAI AO ROCK IN RIO ASSISTIR SHOW DO NIRVANA

Thiago Pasqualotto20 de set de 2015 - 17:39

A apresentadora Geovanna Tominaga foi ao Rock in Rio curtir o show do Nirvana e voltou pra casa super decepcionada ao descobrir que Kurt Cobain morreu em 1994.


Seria menos feio assumir que foi só pra curtir o open bar do camarote mesmo.


Desde o famoso "Hoje é dia de rock, bebê" da Torloni, em 2011, o Rock in Rio não tinha um meme tão impactante. 


"Vim curtir o Nirvana, porque é uma banda que eu gosto muito desde a adolescência."







Clarice Pós Moderna


frase droga nutela bacon Clarice Lispector desejo cientista TV



A Lua me disse


11218884_418760938316968_8112132239661331126_n


Momento "Nhomm"


sc
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget